Nossos produtos contam com 5 certificações internacionais desde o campo até a transformação no Peru
Mostre mais

USDA Organic indica que o alimento ou produto agrícola foi produzido através de padrões orgânicos descrevem os requisitos específicos que devem ser verificados por um agente certificador credenciado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) antes que os produtos possam ser rotulados como orgânicos do USDA. Em geral, as operações orgânicas devem demonstrar que estão protegendo os recursos naturais, conservando a biodiversidade e usando apenas substâncias aprovadas.

USD Organic.png
BRCGS-logo-1.png
Mostre mais

A BRCGS é um protocolo projetado para harmonizar os padrões de segurança dos alimentos em toda a cadeia de fornecimento. Hoje, é mundialmente reconhecido nas indústrias alimentícias e não alimentícias como um dos mais rigorosos esquemas de certificação de terceiros.

PE BIO.png
Mostre mais

Orgânico da União Europeia só pode ser usado em produtos que foram certificados como orgânicos por uma agência ou órgão de controle autorizado. Isso significa que eles cumpriram rigorosas condições de como devem ser produzidos, processados, transportados e armazenados.

image4.png
Mostre mais

O Certificado kosher é um documento emitido para atestar que os produtos fabricados por uma determinada empresa obedecem as normas específicas que regem a dieta judaica ortodoxa. Ele é mundialmente reconhecido e atribuído como sinônimo de controle máximo de qualidade.

JAAS Certified.png
Mostre mais

A Norma Agrícola Japonesa é um sistema geral de rotulagem de produtos agrícolas no Japão, que existe desde 1950. As regras específicas para produtos orgânicos foram introduzidas no ano 2000. A norma JAS aplica-se à produção, processamento e comercialização de produtos agrícolas. Para que um produto produzido em qualquer parte do mundo seja reconhecido como orgânico no Japão, o operador precisa de certificação de acordo com esta Norma.